Um sonho chamado Tamm Bias

Atualizado: 8 de fev.

Por Francielle Rezende


No dia 10 de novembro foi realizada a primeira visita presencial da equipe da Rádio Traquinagem na Escola Estadual Dona Francisca Tamm Bias, neste dia as turmas do 1º ao 5º ano já tinham ouvido todos os episódios da Rádio, algumas estavam desenvolvendo atividades em torno do episódio #10 “Sonho Meu, Sonho Teu” - o último ep da Segunda Temporada, que como o título antecipa, aborda como tema os sonhos.


A Professora Michele do 4º ano fala da importância do Projeto da Rádio Traquinagem para incentivar o interesse dos estudantes pela leitura.



“A Rádio Traquinagem veio em um momento muito propício para a gente com essa pandemia. Foi um projeto que trouxe qualidade para os alunos, porque embora a gente saiba que eles têm acesso a vários tipos de tecnologia, muitas vezes as mídias que eles acessam não envolvem tanto a parte da leitura. E a gente sempre precisa muito de projetos que incentivam a leitura para que os alunos tenham esse gosto, né. A gente sabe que a leitura faz diferença na vida de todos (...) Uma forma lúdica que trouxe os autores e enriqueceu muito mais o conteúdo. Para mim foi ótimo e eu espero que tenha vários e vários anos que eu quero estar presente, participando.”

Estudantes do 3º ano, evidenciam a fala da profesora Michele sobre o impacto da Rádio Traquinagem na formação de uma cultura que sente satisfação nas situações em torno da literatura.


Rádio Traquinagem: Onde você ouvia a Rádio Traquinagem?
Esthefany: Foi aqui na Escola, lá na biblioteca.
Rádio Traquinagem: Era um momento que você gostava?
Esthefany: Era o momento que eu mais gostava!






Além do trabalho em torno do último ep#10 , muitos estudantes comentaram sobre o aprendizados em torno de outros episódio, como o Luís, que reflete sobre o que aprendeu ao ouvir o episódio #8 - Princesas em Greve - destacando a importância da liberdade. Além disso, ele conta que ouvia os episódios na biblioteca com a professora Iê, e que muitas vezes ele a ajudava a resolver os problemas digitais.




“Eu aprendi que a liberdade é muito importante para a gente porque se a gente se sentir muito preso, a gente fica meio inseguro quando a gente volta a ser livre, né? Porque a gente fica meio inseguro de conversar com as pessoas. Então as pessoas serem livres é muito importante, principalmente as mulheres."




Já para a turma do 2º ano, o episódio #9 - A bisa fala cada coisa - foi um dos mais citados quando questionados qual era o episódio preferido. Este episódio abordou “a valorização do idoso” como tema transversal e a literatura abordada traz um diálogo engraçado entre uma criança e a sua bisavó. As expressões esquisitas foi motivo de muitas risadas e identificação. Foi também uma grande oportunidade para a professora mediar estratégias de leitura e escrita em torno do literário.



Batata da perna, céu da boca, maçãs do rosto, planta do pé, dedo de prosa, pé de vento, nó na garganta. Você já ouviu essas expressões?


As professoras Consuelo e Sueli, do 1º ano, comentam sobre o desenvolvimento do projeto em sala de aula. Destacam a potência do material possibilitar o desenvolvimento sócio-emocional dos estudantes, assim como a importância da mediação das professoras nesse processo. Ainda comentam a função dos episódios dentro do trabalho de alfabetização.



Era um estudante que não falava. A família sempre justificava que ele falava em casa, mas a gente tinha dúvida. Quando ouviu o episódio do “Sonho Meu, Sonho Teu” ele levantou a mão e contou sobre a sua avó, uma pessoa importante para ele. Ele se emocionou e a gente também. Sueli


A Escola Estadual Dona Francisca Tamm Bias Fortes surpreendeu a equipe da Rádio Traquinagem. Todas as professoras e estudantes estavam muito envolvidos, demonstrando um real pertencimento ao projeto. A professora Iê, foi a principal responsável pelo desenvolvimento do projeto na Escola e cumpriu o seu papel com excelência. Na foto abaixo ela está ao lado do painel com o registro em torno do episódio #7 - O Mundo no Black Power de Tayó - da Biblioteca da Escola.





A Rádio Traquinagem não poderia encerrar o ano com retornos mais valiosos do que estes, não é mesmo? Ir até as escolas mostrou à equipe que as evidências de aprendizagem entregues pelo aplicativo do Whatsapp são uma porcentagem pequena do real impacto e alcance do projeto. A parte pedagógica “engole” as professoras, que passam a maior parte do tempo preparando e avaliando as estratégias de ensino-aprendizagem, de modo que, entregar as evidências acaba ficando em segundo plano e muitas vezes não acontece.


O que se vê além dessa conclusão e se pode dizer que é a essência da Rádio, é que este projeto está sendo ferramenta na formação de crianças leitoras e produtoras de textos num sentido ético, em que a linguagem passa pela capacidade de se expressar; de entender e contribuir para o enriquecimento social; e ampliar o horizonte pessoal.


Seguimos sonhando e esperançando juntos (as) uma educação de qualidade, crítica, dialógica e acessível para todos (as), construídas por professores-pesquisadores e com o olhar essencialmente para as individualidades dos estudantes e o incentivo à lógica da cooperação.










Posts recentes

Ver tudo